DESCUBRA A PROGRAMAÇÃO DO ZÊZEREARTS EM ÉVORA

No que é um ano especial, o ZêzereArts com edição especial em Évora | 26 Julho a 1 Agosto

No ano em que comemora a 10ª edição, e depois do anúncio do cancelamento dos cursos corais e da migração dos cursos de cordas deste ano para a cidade de Évora, o Festival ZêzereArts anuncia uma programação que vai levar o melhor da música erudita àquela cidade alentejana.

Ainda que num ano especial, o festival consegue um momento final público de uma experiência pedagógica que reúne dezenas de estudantes de música, jovens profissionais e estudantes de alto nível para um curso de Verão com professores de reconhecido mérito, nacional e internacional. O resultado do trabalho realizado surge em formato de pequenos concertos e espectáculos, apresentados à comunidade em espaços cheios de História, desta feita o Jardim da Palmeira e a Igreja dos Remédios de Évora.

No dia 26 de Julho, pelas 21h30, oportunidade para ver a estreia absoluta do filme “Geraldo e Samira – Uma Ópera Para Évora”. Este é o resultado da gravação do épico operático de tributo a esta cidade alentejana que fechou a edição de 2019 do Artes à Rua. Inspirados por toda a mitologia que rodeia os dois personagens Geraldo Sem Pavor e a moura Samira, e este período ímpar da História de Portugal, a Musicamera, o conceituado compositor português Amílcar Vasques-Dias e a libretista Helena da Nóbrega juntaram-se para conceber um espectáculo que conta com dezenas de cantores, actores, músicos e figurantes da cidade de Évora, sob a direcção musical do maestro Brian MacKay. Antes da exibição do filme que tem a autoria de Diogo Pessoa Andrade e Creative Visual, acontece ainda a cerimónia de oferta do Programa e DVD da ópera a todos os participantes.

A presença de Beethoven, no que é o ano do 250º aniversário do seu nascimento, será sentida no dia 28 de Julho, no mesmo local, oportunidade de assistir ao Concerto Coral / Sinfónico. Este momento conta com as participações de Daniela Matos, Laura Martins, Nélia Gonçalves, Aiofe Hiney, Almeno Gonçalves, Paulo Vetori, Luís Rendas Pereira, Pedro Correia e da Orquestra ZêzereArts composta pelos formandos e professores dos cursos dirigida por Brian MacKay. Do programa constam obras alusivas às anteriores edições do Festival como Glória de Vivaldi, Elegisher Gesang de Beethoven, Concerto de Koussevitsky, Ave Verum de Eurico Carrapatoso e de Mozart, Silêncio de David Miguel, Carmina Passiones de César Viana, três compositores residentes do festival, em vários anos.

No dia 30 de Julho, pelas 18h30, na Igreja dos Remédios teremos um Concerto de Música de Câmara. Os protagonistas são artistas e agrupamentos dos Cursos ZêzereArts irão tocar várias obras de música de Câmara com a pianista Taíssa Poliakova. Todo este concerto será preparado ao longo do Festival.

O concerto de encerramento desta programação, no dia 01 de Agosto, como é habitual, chega pela mão da Orquestra do Festival ZêzereArts - conta com os formandos e com os professores Eliot Lawson, Luís Pacheco Cunha, Jorge Alves, Catherine Strynckx, Adriano Aguiar - dirigida por Brian MacKay, com um alinhamento que inclui obras de Haendel, Beethoven e Schostakovich. Às 21h30 no Jardim da Palmeira.

Todos os espectáculos são de entrada gratuita. Os bilhetes podem ser levantados, por ordem de chegada, nos respectivos locais uma hora antes do seu início.
A lotação máxima é de 140 espectadores o que garante que estarão salvaguardadas todas as recomendações da Direcção Geral de Saúde.

O ZêzereArts nasceu em 2011 por iniciativa de Brian MacKay, director artístico do festival. Este é um dos projectos da Musicamera, uma das mais prestigiadas produtoras na área da música erudita em Portugal, que conta com o apoio da DGArtes.

CONTACTOS

Rua Ovídio Martins, 6
2855-355 Corroios, Portugal
geral@musicamera.pt
+351 217 165 158

REDES SOCIAIS

JOLY BRAGA SANTOS NOMEADO PARA OS PRÉMIOS PLAY

JOLY BRAGA SANTOS NOMEADO PARA OS PRÉMIOS PLAY

É com enorme felicidade e orgulho que anunciamos que o álbum Joly Braga Santos, Complete Chamber Music Vol. I. está nomeado para os Prémios Play - Prémios da Música Portuguesa, na categoria Melhor Álbum de Música Clássica / Erudita.

Este é o primeiro volume do repertório de Música de Câmara instrumental do grande sinfonista português e uma das figuras mais importantes da cultura portuguesa do séc. XX, o mesmo que conta com a interpretação do Quarteto Lopes-Graça.

Os Play são os prémios que desde o ano passado reconhecem a excelência da música nacional e serão transmitidos no dia 29 de Julho, às 21h00, em directo na RTP 1.

CONTACTOS

Rua Ovídio Martins, 6
2855-355 Corroios, Portugal
geral@musicamera.pt
+351 217 165 158

REDES SOCIAIS

ESTÃO ESCOLHIDOS OS CINCO COMPOSITORES EMERGENTES DO CRIASONS III

ESTÃO ESCOLHIDOS OS 5 COMPOSITORES EMERGENTES DO CRIASONS III

A 3ª edição do Festival CriaSons vai avançando a largos passos para um ano em que a apostar na criação musical contemporânea se apresenta mais importante que nunca.

Assim, depois de grande deliberação, o júri desta edição composto por António Victorino D’Almeida, Carlos Azevedo, Mário Laginha, Pedro Caldeira Cabral e Tiago Derriça, fez a sua selecção para o que foi o Concurso de Compositores Emergentes mais concorrido de sempre.

Hoje temos o prazer de anunciar os novos Compositores Emergentes - Daniel da Mata, Francisco Fontes, João Fonseca e Costa, Luís Salgueiro e Vítor Castro.

A todos os nossos parabéns!

Mais detalhes muito em breve.

CONTACTOS

Rua Ovídio Martins, 6
2855-355 Corroios, Portugal
geral@musicamera.pt
+351 217 165 158

REDES SOCIAIS

CRIASONS III REGISTA RECORD DE CANDIDATURAS

CRIASONS III REGISTA RECORD DE CANDIDATURAS

O Concurso Compositores Emergentes da terceira edição do festival CriaSons fechou no passado dia 31 de Maio com o maior número de candidaturas recebido até à data, em qualquer edição.

Das 54 submissões recebidas, cinco serão seleccionadas para integrar a programação do festival. Os/as compositores/as serão convidados a compor uma nova obra, coadjuvados pelo compositor residente cujo programa a sua obra integra. Nesta edição, os compositores residentes são António Victorino d’Almeida, Carlos Azevedo, Mário Laginha, Pedro Caldeira Cabral e Tiago Derriça.

Esta nova obra será apresentada, em estreia mundial, no 3º Festival Criasons 2020/2021, integrando cinco diferentes programas em quinze concertos, com interpretação ao vivo a cargo da Camerata Vocal e Instrumental Musicamera. Esta edição conta com o especial acolhimento do Teatro de São Carlos, onde serão apresentados, em estreia, todos os programas.

Os nomes seleccionados serão revelados na primeira semana de Julho.

CONTACTOS

Rua Ovídio Martins, 6
2855-355 Corroios, Portugal
geral@musicamera.pt
+351 217 165 158

REDES SOCIAIS

COMPOSITORES EMERGENTES – 3º FESTIVAL CRIASONS

CONCURSO PARA COMPOSITORES EMERGENTES - 3º FESTIVAL CRIASONS

Musicamera Produções anuncia a abertura do Concurso para Compositores Emergentes no âmbito da terceira edição do Festival Criasons, que tem como objectivo promover e divulgar a música erudita com particular incidência na matriz autoral portuguesa contemporânea.

Convidam-se compositores portugueses e estrangeiros, com residência em Portugal, a enviar três obras da sua autoria até ao próximo dia 31 de Maio de 2020.

Todas as candidaturas serão apreciadas pela Comissão de Avaliação presidida pelo maestro Brian MacKay e composta pelos cinco compositores residentes do 3º Festival Criasons - António Victorino d’Almeida, Carlos Azevedo, Mário Laginha, Pedro Caldeira Cabral e Tiago Derriça.

A Comissão escolherá um máximo de cinco novos compositores, que serão então convidados a compor uma nova obra e coadjuvados no seu trabalho criativo pelo compositor cujo programa a sua obra integra. Esta nova obra será apresentada, em estreia mundial, no 3º Festival Criasons 2020/2021, com interpretação ao vivo a cargo da Camerata Vocal e Instrumental Musicamera.

Todas as novas obras terão ainda edição em CD com distribuição internacional, estando também garantida a edição em partitura das mesmas. Após a conclusão do festival, será ainda escolhido um compositor de entre os cinco, que por sua vez será convidado a integrar o painel de Compositores Residentes do Festival Criasons IV (que deverá decorrer no biénio de 2022 – 23).

Apostada em estimular a criação musical erudita contemporânea em três vertentes fundamentais - criação, apresentação pública e gravação/edição, a Musicamera Produções reafirma esta iniciativa, convidando os compositores portugueses a participar neste fórum privilegiado de divulgação, fruição e análise da música (vocal e instrumental) feita hoje em Portugal.

Candidaturas ATÉ 31 DE MAIO DE 2020 aqui no novo site da Musicamera.

Para mais informações, contacte-nos através do email geral@musicamera.pt.

CONTACTOS

Rua Ovídio Martins, 6
2855-355 Corroios, Portugal
geral@musicamera.pt
+351 217 165 158

REDES SOCIAIS

COMUNICADO COVID-19

COMUNICADO - COVID-19

Estimado Público, queridos Artistas, Amigos!

É com apreensão e algum pesar que assistimos ao cancelamento de todos os eventos artísticos e equipamentos culturais e educativos, no âmbito das medidas para contenção e erradicação do surto epidemiológico provocado pelo vírus Covid – 19, que atingiu, já, escala planetária. Esta situação afecta, inevitavelmente, toda a nossa actividade em curso.

Somam-se assim aos malefícios na saúde pública, sociais e económicos, que esta pandemia acarreta, incalculáveis prejuízos para o mundo do espectáculo, das artes e da cultura, arredando a população da sua prática e usufruto.

Esta situação tem ainda, consequências de extrema gravidade para um sector profissional em que a precariedade é nota dominante e a protecção social pouco mais que uma miragem.

Neste contexto, a Musicamera vem reafirmar o compromisso muito sério que mantém com os seus artistas e outros profissionais e o seu público, sendo que fará tudo ao seu alcance para manter – promovendo os necessários ajustes e re-escalonamentos temporais – os múltiplos eventos programados para esta sua temporada.

Em tempo de aflição e crise, a arte constituiu - desde os tempos mais remotos - o mais estruturante refúgio dos valores civilizacionais da sociedade humana. Mais uma razão para continuarmos a laborar com afinco na operacionalização dos dispositivos artísticos e comunicacionais que concebemos e queremos partilhar com todos, numa perspectiva de fruição e enriquecimento mútuo. Vamos, também, incrementar a nossa presença on-line, através do novo site interactivo que ficará disponível a partir da próxima semana em www.musicamera.pt e de uma maior pro actividade nas plataformas habituais, divulgando notícias e conteúdos.

Estamos seguros de que o esforço solidário e a vigilância de todos nos permitirão ultrapassar com diligência esta crise com vista à retoma, o mais breve possível, do ritmo da vida e actividades normais.

A Equipa MUSICAMERA PRODUÇÕES

(Adriano, Alex, Brian, Cláudia, David, Élio, Luís, Luís PC, Mariana)

Planeta Terra, 16 de Março de 2020

CONTACTOS

Rua Ovídio Martins, 6
2855-355 Corroios, Portugal
geral@musicamera.pt
+351 217 165 158

REDES SOCIAIS

BEETHOVEN – CCC

BEETHOVEN - E A SUA ÉPOCA - BOMTEMPO NO CENTRO CULTURAL DE CASCAIS

BEETHOVEN - E A SUA ÉPOCA - BOMTEMPO
CENTRO CULTURAL DE CASCAIS
28 DE MARÇO
21H30

A Musicamera celebra o 250º aniversário de um dos mais brilhantes compositores da história da música com uma série de concertos únicos

Música de câmara de grande escala, em ambiente acessível e descontraído.

Não podendo passar ao lado das universais comemorações dos 250 anos de nascimento de Ludwig Van Beethoven em 2020, a Musicamera apresenta o espectáculo Beethoven - e a sua época - Bomtempo que irá celebrar e enquadrar o mesmo com compositores portugueses, passados e presentes.

Esta série de concertos, com enfoque na música de câmara instrumental, enquadra este compositor com outros importantes músicos da época com quem revela afinidades, como é o caso de João Domingos Bomtempo (1775-1842), compositor, pianista e pedagogo português.

O próximo concerto é já no dia 28 de Março, no Centro Cultural de Cascais.

Em palco, Taíssa Poliakova (piano), Luís Pacheco Cunha (violino), Isabel Pimentel (violeta), Catherine Strynckx (violoncelo), Alejandro Erlich Oliva (contrabaixo), Katherine Rawdon (flauta), Bethany Akers (oboé), Paulo Gaspar (clarinete). Luís Vieira (trompa), e Franz-Jurgen Dorsam (fagote).

Mais concertos a anunciar brevemente.

CONTACTOS

Rua Ovídio Martins, 6
2855-355 Corroios, Portugal
geral@musicamera.pt
+351 217 165 158

REDES SOCIAIS

LANÇAMENTO JOLY BRAGA SANTOS COMPLETE MUSIC CHAMBER VOL I

LANÇAMENTO JOLY BRAGA SANTOS COMPLETE MUSIC CHAMBER VOL I

A Musicamera tem o prazer de convidar para o lançamento da edição em CD do 1º volume de Música de Câmara de Joly Braga Santos, editado pela conceituada Toccata Classics.

Depois do ciclo orgânico de concertos estreados em Novembro de 2017 no CCB - e que seguiu para apresentações em todo o país - o projecto da Musicamera Produções “Integral da Música de Câmara de Joly Braga Santos” que reúne a música de câmara instrumental do compositor revela agora o primeiro dos registos. Este resulta da vontade e desígnio de celebrar e divulgar a obra de música de câmara de uma das principais figuras da música portuguesa do século XX, um gesto de "defesa e fruição de um acervo fulcral no devir da cultura musical portuguesa" (Alejandro Erlich Oliva, Musicamera Produções).

Este momento terá uma breve intervenção musical seguido da apresentação do disco por várias individualidades.

Estará patente uma exposição de imagens captadas ao longo de todo o projecto.

No dia 16 Dezembro, pelas 18h, na Fundação GDA - Avenida Defensores de Chaves, n.º 46 A/B 1000-120 Lisboa

CONTACTOS

Rua Ovídio Martins, 6
2855-355 Corroios, Portugal
geral@musicamera.pt
+351 217 165 158

REDES SOCIAIS

MUSICAMERA LEVA JOLY BRAGA SANTOS A MATOSINHOS

MUSICAMERA LEVA JOLY BRAGA SANTOS A MATOSINHOS

É já no próximo dia 19 de Outubro, sábado, que a Musicamera leva, às 21h30, a “INTEGRAL JOLY – Programa IV”, ao Teatro Municipal de Matosinhos Constantino Nery.

o 4º Concerto da série “INTEGRAL DA MÚSICA DE CÂMARA DE JOLY BRAGA SANTOS”  conta com a participação de Olga Prats, Leonor Braga Santos, António Saiote, Nuno Ivo Cruz, Ricardo Lopes, Carolino Carreira, Paulo Guerreiro, Jorge Almeida, António Quítalo, Pedro Monteiro, Jarrett Buttler, Vítor faria e Ilídio Massacote.

O programa conta com as seguintes obras:

Joly Braga Santos [1924-1988]
Ária a Tre, op. 62 (1984) 8’50’’
Para Clarinete, Violeta e Piano
Dedicada a Diogo Paes, Leonor Braga Santos e António Rosa
interpretação de António Saiote, Leonor Braga Santos e Olga Prats

Joly Braga Santos [1924-1988]
Improviso, op. 70 (1988) 5’00’’
Para Clarinete e Piano
Dedicada a António Saiote e Olga Prats
interpretação de António Saiote e Olga Prats

Joly Braga Santos [1924-1988]
Peça para Fagote e Piano (1946) 3’50’’
Dedicado a Ângelo Pestana
interpretação de Carolino Carreira e Olga Prats

Joly Braga Santos [1924-1988]
Peça para Flauta e Piano 3’50’’
Dedicada a Luís Boulton
interpretação de Nuno Ivo Cruz e Olga Prats

Joly Braga Santos [1924-1988]
Adagio e Scherzino (1956) 6’50’’
Para Quinteto de Sopros
Dedicada ao Quinteto Nacional de Sopros
interpretação de Nuno Ivo Cruz, Ricardo Lopes, António Saiote, Carolino Carreira e Paulo Guerreiro

Joly Braga Santos [1924-1988]
Suite para Instrumentos de Metal (1985) 15’00’’
Para 3 Trompetes, Trompa, 2 Trombones e Tuba
Dedicado ao Grupo de Metais de Lisboa
interpretação de Jorge Almeida, António Quítalo, Pedro Monteiro, Paulo Guerreiro, Jarrett Buttler, Vítor Faria e Ilídio Massacote

CONTACTOS

Rua Ovídio Martins, 6
2855-355 Corroios, Portugal
geral@musicamera.pt
+351 217 165 158

REDES SOCIAIS