Breve histórico de Projectos

Desde a sua fundação em 2009, Musicamera Produções organizou espectáculos e agenciou mais de duzentos artistas e agrupamentos em iniciativas por todo o País, Espanha, Andorra, Holanda, Brasil, Perú e Argentina.

Reunindo apoios diversos num trabalho sólido feito em rede, Musicamera Produções assegurou também três edições discográficas que têm como denominador comum a promoção da música portuguesa, tanto sob o prisma dos intérpretes como sob o da matriz autoral.

Em 2011, com o apoio da Direção-Geral das Artes e em parceria com diversos municípios, Musicamera Produções organiza o 1º Festival CriaSons, um festival inédito dedicado às tendências da música de câmara portuguesa contemporânea que promoveu um programa de dez concertos, em seis cidades do País,  com a apresentação de obras inéditas por sete compositores portugueses, posteriormente gravadas em CD e edição impressa.

Em 2016, após celebração de parceria com o município de Almada, Musicamera Produções assegura integralmente a organização do VI Ciclo de Música no Convento dos Capuchos. No seguimento do sucesso obtido, a parceria é reiterada em 2017 e Musicamera Produções realiza a Ópera Comunitária Soror Mariana, em que intervieram artistas profissionais ao lado de artistas recrutados nas comunidades locais, num trabalho artístico com uma dimensão marcadamente comunitária. Foi uma magnífica experiência de trabalho colectivo que contou com o apoio e a afluência maciça da população. É também em 2016 que Musicamera Produções se assume como entidade organizadora do Festival ZêzereArts, que caminha em 2020 para a sua décima edição, enchendo de música as margens do rio Zêzere em parceria com os municípios locais, ocupando salas, espaços ao ar livre e monumentos históricos com concertos, recitais, exposições e ópera, aos que se associa uma série de cursos de verão e masterclasses.

Com o projecto “Criar Sons – Viver a Música em Portugal“, Musicamera Produções alcançou um Apoio Sustentado da Direção-Geral das Artes, na área da Música, para o biénio 2018-2019,  concretizando os projectos “Ver os Sons, Ouvir Imagens” , “Geraldo e Samira – Uma Ópera para Évora”, “Festival CriaSons II”, “Festival ZêzereArts – Cursos de Verão” e “Joly Braga Santos – Integral da Música de Câmara”.

Criar Sons – Viver a Música em Portugal II“, conjunto de actividades que aprofundam e desenvolvem a proposta artística de Musicamera Produções para o biénio de 2020-2021, foi objecto de um renovado Apoio Sustentado da Direção-Geral das Artes, pelo que Musicamera enfrenta agora o aliciante desafio de, por um lado, levar mais longe os projectos “CriaSons”, “ZêzereArts” e “Ver os Sons, Ouvir Imagens” e, por outro, concretizar os projectos “Descobrir Noronha”, “Beethoven e a sua Época – Bomtempo” e “Quarteto Lopes-Graça na América Latina”.