ZÊZERE ARTS

O FESTIVAL ZÊZEREARTS – MÚSICA NO PATRIMÓNIO é um Festival Internacional e um Curso de Verão para cantores e instrumentistas avançados, com uma forte presença de artistas internacionais, que culmina numa diversidade de Concertos Corais - Sinfónicos, Récitas Operáticas, Música de Câmara e outras performances que conjugam, da forma mais holística e sincrónica, os conceitos de património material e imaterial.

Este Festival ganha vida, pelo sétimo verão consecutivo, entre Tomar (especialmente no Convento de Cristo), Alcobaça (Mosteiro), Batalha (Mosteiro) e vários outros espaços em municípios da região do Médio Tejo – em especial, Ferreira do Zêzere (Dornes, Areias) e Vila Nova da Barquinha (Almourol, Atalaia) – e avança para a sua oitava edição com o entusiasmo e a confiança de um Projecto cuja actual solidez e pertinência cultural e social estimula e determina novos desafios e valências.

O ZÊZEREARTS desenvolveu-se a partir do projeto irlandês Irish Vocal Masterclasses e instalou-se no Centro de Portugal pela mão do Maestro Brian MacKay. Com a associação do Quarteto Lopes-Graça, Eliot Lawson, Adriano Aguiar e outros professores de reconhecido mérito, veio a adquirir a sua actual configuração, com a consolidação do projecto de Master-Classes para instrumentistas de corda e, subsequentemente, da Orquestra do Festival.

Aposta seriamente numa oferta diferenciadora para jovens solistas (cantores e instrumentistas), dando-lhes a oportunidade de desenvolver a sua experiência e progredir nas suas carreiras, ganhando nível profissional. Tal resultou, por exemplo, em produções operáticas como Julio César (Haendel), Suor Angelica (Puccini) – apresentadas no Convento de Cristo; Street Scene (Kurt Weill) - no mercado de Ferreira do Zêzere; o ciclo completo das óperas de Mozart com o libretista Da Ponte - no Cine Teatro Ivone Silva em Ferreira do Zêzere; mais recentemente e em co-produção com a Câmara Municipal de Almada e a empresa Musicamera Produções, a ópera La Serva Padrona (Pergolesi) – apresentada no Convento dos Capuchos e em Ferreira do Zêzere.

Oportunidade única para que coralistas amadores e semi-profissionais apresentem o resultado do seu trabalho num Festival de primeira grandeza internacional, que atrai largas audiências – público local, inter-regional, turistas – à fruição de grandes obras em espaços patrimoniais de inexcedível beleza.

CONTACTOS

Rua Ovídio Martins, 6
2855-355 Corroios, Portugal
geral@musicamera.pt
+351 217 165 158

REDES SOCIAIS