25 de Novembro 2023 | 11H00

Tomar, Templo da Música (Igreja da Misericórdia)

FICHA ARTÍSTICA

Paulo Gaspar
Filipe Duarte
Carlos Bica

Espaço Criação: Encontros Improvisados – celebrando o Jazz

Este workshop abordará as ferramentas essenciais do Jazz, um dos fenómenos artísticos mais importantes do século XX. Será feita uma introdução ao swing, à improvisação e à interação em tempo real. Podem participar todos os instrumentistas de todos os níveis e idades, naturalmente. O Trio de formadores é constituído por André Carvalho (contrabaixo), Filipe Duarte (guitarra) e Paulo Gaspar (clarinete).

O sucesso do grande investimento em serviço público cultural de qualidade que estamos a fazer na zona do médio Tejo e, em particular, na cidade de Tomar depende, fundamentalmente, do nível de resposta e participação das populações, cidadãos de todas as idades, profissões e extratos sociais que queremos cativar para atividades de lazer culturalmente informadas e artisticamente motivadas e de quem esperamos, tão só, que possam descobrir na sua vida um novo espaço de interesse e necessidade de partilha de tais inquietações e conteúdos.

Para este desiderato o Espaço de Criação | Arte para todos assume uma importância nuclear. Esta atividade, em que depositamos grandes expectativas, contempla a realização de “workshops espontâneos”, abertos a toda a população criativa e orientados por animadores / músicos profissionais, de várias valências, dos sopros ao jazz, da guitarra ao canto.

Estes artistas têm a seu cargo a tarefa de “organizar” a “mole” de competências artísticas que se lhes / nos apresentem – alguém que gosta de se movimentar, de cantar, de dizer poesia ou contar uma história, outro que toca um instrumento ou que se delicia com o desenho de linhas e cores, alguém muito bom com ritmos, outrem que tem gosto pelo gesto teatral. A todos oferecemos palco, de todos pedimos disponibilidade de partilha e trabalho participativo. E como as inibições ficam à porta, sempre esta atividade de um dia culminará com uma apresentação publica multidisciplinar, para a família, para os amigos, para todos.

Não vamos ensinar nada a ninguém, vamos todos aprender com todos. A criatividade é condição do humano e, lá no fundo, todos somos artistas.

Vir ao “Templo” terá, assim, a magia, de convocar outros tempos, em que – como na antiguidade – sobejava tempo para cultivar o sobre humano, a “centelha do divino” em cada um de nós.

Está feito o convite. Esperamos por ti.