29 de Julho 2021 | 21H00

Mosteiro da Batalha – Capelas Imperfeitas

FICHA ARTÍSTICA

Maestro
Nuno Miguel de Almeida

Sopranos
Paulina Sá Machado
Raquel Mendes

Altos
Ana dos Santos
Ana Rita Coelho

Tenores
Nuno Raimundo
Tiago Sousa

Baixos
Luís Rendas Pereira
Ricardo Torres

Moços do Coro | FESTIVAL ZÊZEARTS 2021

ZêzereArts recebe a visita do ensemble coral, Moços do Coro, com um programa de música coral portuguesa.

Sediado na cidade do Porto, este ensemble assume, como principal missão artística, a defesa pelo Património Musical Português. Como testemunho desta intenção, desenvolve no ano de 2018 um projecto intitulado Da herança à criação, projecto que fez memória dos 400 anos da morte do crúzio D. Pedro de Cristo. Desta feita, estreia um total de oito obras, estabelecendo o diálogo constante entre a herança que nos fora deixada por tão saudoso compositor Renascentista, e a criação de quatro preclaros compositores portugueses nossos contemporâneos.

Os projectos deste ensemble buscam sempre uma ligação, seja com o espaço onde actua, com a instituição que comemora a efeméride, criando uma narrativa única para cada concerto que idealiza. Destes projectos, são destacados os seguintes: O evangelho da Infância – uma profunda vivência sobre mistério do Natal, por meio de um constante enlace entre sábios pensamentos retirados de Catena Aurea e a execução de motetes Renascentistas; Reflexos do olhar de Maria – um relato artístico que materializa o manto da Mãe que embala o Menino e mais tarde o recebe, morto, descido da Cruz.

Participa também no II Festival de Órgão de Santarém, onde apresenta o seu projecto ORACVLVM interpretando as Prophetiæ Sibyllarum de Orlando di Lasso, com a participação do organista Jorge Garcia (Espanha). Em Fevereiro desse mesmo ano, por encomenda do Santuário de Fátima, desenvolve o projecto JACINTA para coro e narrador, apresentado como VI Concerto Evocativo dos Três Pastorinhos de Fátima, onde o repertório coral do século XX/XXI, que incluiu estreias absolutas, e os textos declamados, fizeram o percurso da vida de Santa Jacinta Marto.

No decurso do ano 2020, obteve o apoio da GDA, da Santa Casa da Misericórdia de Vila do Conde e da Anglo-Portuguese Society para a gravação do CD Da herança à criação – Magnificat. Este projecto dá continuidade à caminhada que o ensemble iniciou em 2018, tendo já sido publicadas as parituras através da AVA Editions.

Em 2021, cria o projecto O Lux Beatissima, que celebra a Solenidade de Pentecostes, com repertório do Barroco Alemão, como F. W. Zachow, F. Valls, J. S. Bach e D. Buxtehude. Para o VI Ciclo de Concerto de Coimbra, dá a escutar Regina Pacis, que comemora os 750 anos de nascimento da Rainha Santa Isabel, com repertório renascentista exclusivamente de compositores portugueses, como Francisco de Santa Maria, Duarte Lobo e D. Pedro de Cristo.

Ainda para o ano 2021, encontra-se a preparar um concerto para o Festival de Órgão do Porto e do Grande Porto e a participação, como coro, na ópera Mátria - uma ópera para o Douro, com libretto de Eduarda Freitas baseado na obra de Miguel Torga, composição de Fernando C. Lapa e encenação de Ángel Fragua.

Ingresso (entrada gratuita) – Mosteiro da Batalha.
Reservas pelo telefone: 00 351 244 765 497.
Lotação- 100 lugares.